A berinjela e seus benefícios

Imagem

A berinjela é considerada um fruto de uma planta originária da Índia e cultivada na África. Provavelmente foi introduzida na Europa pelos Arabes e, posteriormente, veio para as Américas. É uma hortaliça anual, sendo que a época de seu plantio é de setembro a fevereiro e, em regiões de clima quente, é cultivada ao longo do ano. É considerada sensível ao frio, à geada e ao excesso de chuva na floração.

A berinjela é considerada um fruto de uma planta originária da Índia e cultivada na África. Provavelmente foi introduzida na Europa pelos Arabes e, posteriormente, veio para as Américas. É uma hortaliça anual, sendo que a época de seu plantio é de setembro a fevereiro e, em regiões de clima quente, é cultivada ao longo do ano. É considerada sensível ao frio, à geada e ao excesso de chuva na floração.

Imagem
Tipos
A berinjela pode ser clara, rajada ou escuras, considerando também o seu comprimento e o seu diâmetro.

Benefícios à saúde
Embora não haja comprovação, até o momento, de que a berinjela diminua o colesterol, esta hortaliça fornece muitos outros nutrientes benéficos à saúde.

Levando em consideração a composição nutricional de seu fruto, este pode ser considerado fonte de minerais e vitaminas. As análises laboratoriais mostram que, em 100g de berinjela crua, se encontram em quantidades consideráveis os seguintes minerais: magnésio, zinco, potássio, cálcio, ferro e fósforo. As principais vitaminas encontradas são as vitaminas A, B1, B2 e C. Além disso, ela destaca-se por apresentar uma grande quantidade de água, essencial para manter o corpo hidratado e favorecer as reações químicas nas células corporais; uma significativa porcentagem de fibras, que auxilia no bom funcionamento intestinal e formação do bolo fecal; além de ser considerada como um alimento que fornece poucas calorias, auxiliando no controle do peso.

Imagem

Composição
A berinjela é composta por diversos nutrientes importantes para a manutenção da saúde. Seguem alguns nutrientes especiais encontrados em sua composição, bem como algumas das suas funções.

1) Magnésio: atua nas reações enzimáticas e faz parte da constituição dos ossos e dentes;
2) Zinco: atua no crescimento e desenvolvimento do sistema imunológico e está diretamente relacionado à reprodução;
3) Potássio: atua na contração muscular, na síntese de glicogênio e no metabolismo protéico e de carboidratos;
4) Cálcio: atua na formação dos ossos e dentes, na transmissão de impulsos nervosos e na contração muscular;
5) Vitamina B1: exerce importante função no metabolismo dos carboidratos e das gorduras;
6) Vitamina B2: atua em diversos processos metabólicos no organismo, bem como na transformação de gorduras, proteínas e carboidratos;
7) Vitamina C: atua como antirradicais livres, facilita a absorção do ferro e da glicose e age na fabricação dos neurotransmissores.

Além destes compostos, contêm fenóis que agem como antioxidantes. Estas substâncias possuem atividade anti-inflamatória para evitar que as plaquetas sanguíneas se aglomerem. Ainda, inibe a ação dos radicais livres no organismo para proteger as moléculas de DNA e prevenir processos carcinogênicos.

Sugestões de preparo e consumo
Preparações mais utilizadas: ela é muito utilizada em cuscuz, suflê, tortas, saladas, recheada e em forma de lasanha;

Como comprar? A de boa qualidade deve apresentar pedúnculo verde e rijo, fruto escuro, sem manchas, macio, de pele fina, brilhante e sementes claras. As opacas e amolecidas já estão velhas e perderam um pouco suas propriedades nutricionais;

Como armazenar? Até o momento do preparo, deve ser armazenada inteira e com casca, para que não haja perda de nutrientes e alterações sensoriais, sob refrigeração, por um período máximo de quatro dias. Se guardada dentro do frigorífico, em um saco plástico, dura de uma a duas semanas;

Como preparar? Deve ser preparada com casca, em pedaços grandes e se for cozida em água, o volume da água de cozimento deve ser o menor possível, para minimizar a perda de nutrientes. Além disso, evite cozinhar por tempo prolongado em altas temperaturas para reduzir as perdas das vitaminas hidrossolúveis (C e complexo B);

Como evitar gosto amargo? Para retirar o gosto amargo que a caracteriza, corte-a ao meio, esfregue com sal e escorra, ou deixe-a aberta coberta com água e sal, limão ou vinagre, durante 15 minutos. Escorra em seguida e seque com papel absorvente.